03 novembro, 2010

Observações sobre as eleições

"Governo terá a cara de Dilma", disse Lula
- Senhora Dilma Rousseff pode ter ganhado, mas nós, oposição, não morremos. Estaremos vivos - e atuantes. Não espere ela que só porque 40% do povo brasileiro quis que ela estivesse no poder (pq os outros 60% ou votaram em Serra, ou votaram nulo, em branco, ou não compareceram), que ela pode tudo. Estamos de olho.

- Não é que eu tenho medo da Dilma. Tenho medo dos outros que vão botar coisas na cabeça dela. Tenho medo, por exemplo, de ela suprimir completamente a liberdade de expressão. Ela cumprir com o prometido de manter a liberdade de expressão já é um grande passo.

- Essas eleições não trouxeram nada de novo para o Brasil. Os debates entre a sociedade foram poucos e pobres. Levantou-se poucas questões relevantes para o futuro da nação - e muita abobrinha foi posta à mesa.

- Marina Silva foi um grande furor, realmente. Mas, se eleita, governaria praticamente sozinha. Teria poucos apoios concretos (mais da oposição, com certeza, que é minoria no congresso).

- Marina Silva fez uma campanha linda.

- José Serra poderia ter dito, mostrado e rebatido muita coisa, mas não o fez. Não entendo o porquê. Falta de pessoal treinado para isso, talvez?

- Michel Temer deveria ocupar a função de mordomo no governo Dilma. Cara, pelo menos, ele já tem. (via @revistapessima).

- "Governo terá a cara de Dilma", diz Lula. Po, isso é uma ameaça ou o que?

- Essa eleição, sem dúvida, foi a mais chata dos últimos anos. Ninguém teve um pingo de senso de humor. A não ser pelo Plínio de Arruda Sampaio. Ele, sim, deu o tom que a campanha deveria ter desde o começo: direta, corajosa e clara.

- Ao contrário do que muitos pensam, o governo Dilma vai mudar algumas coisas do governo Lula, sim. Um ponto positivo disso é que o governo Lula ignorou medidas importantíssimas a serem tomadas, então Dilma será obrigada a tomar agora, sob pressão. Um ponto negativo é que pelo menos Lula tinha voz ativa sobre as vontades da escória política (Sarney e cia). Dilma não tem nenhuma.

- Todo o processo de eleição, desde o ano passado, até o dia da vitória, serviu para algo. Serviu para mostrar ao Brasil, em forma de manual, como é o processo de construção de uma desconhecida para candidata vitoriosa à Presidência.

- Tudo que Lula fez de bom no governo dele, ele destruiu tentanto eleger Dilma. Agora ela vai ter que pagar o pato.

5 comentários:

Camila Carneiro disse...

Merecíamos mesmo um presidente melhor? É uma questão a se discutir.
Sim, essas eleições não serviram de nada em termos de debates. Sempre os mesmos pontos abordados, sem novidades. Dilma (quem?) ganhou nas costas do Lula-lá. Sem esse apoio duvido MUITO que ela tivesse conseguido chegar pelo menos no 2º turno. Serra (O massacre da Serra Elétrica Simpsons da Silva)não me convenceu, saúde não é tudo meu camarada! Marina Silva, uma surpresa boa, forte candidata à reeleição no Senado, mas por enquanto só. Sem apoio ela não vai a lugar algum. Plínio de Arruda trouxe a discussão em jogo, deveria ter participado dos debates do 2º turno ;D Idéias boas, bom senso, entretanto, apresentava o mesmo problema de Marina, sem apoio. Os candidatos de partido nanico eu nem me ponho a falar nada.
Enfim, não fiquei contente com essa eleição. Só posso aguardar e torcer pra que Dilma, PT e adjacências façam um bom governo, ou pelo menos, que não FODAM o Brasil de vez.

Herllon Fonseca disse...

Foi muito engraçado a forma como essa senhora entrou no governo, entrou por votação sim, na verdade não deixou de ser um jogo político! Marina teve um peso muito grande, isso é fato, agora estamos aí com um Lula fêmea que não deixa de ser macho e que pela sua história parece ser algo que "ditatorial". A mulher tem peito, quero ver como fará para enconbrir toda a merda que Lula fez na nossa economia, ou continuará com os panos, tapando o sol com a peneira e deixar a merda para o próximo idiota, que possivelmente será também da cúpula.. ai meus caros brasileiros, acho que vou juntar uma grana e tentar ilegalmente em outro país.. pq o salário que lula pagou ultimamente não deu pra suprir todas as necessidades.. ele distribuiu no PAC com o bolsa familia.. e não insentivou que o pai de familia trabalhasse, ele não deu a "vara de pescar" ele deu o peixe. beijos me liga. to indo pra roma agora

anna rafaella disse...

"Essas eleições não trouxeram nada de novo para o Brasil."
Esta foi a eleição mais sem graça de todos os tempos, faltou debate, faltou teórica, faltou plataforma politica, faltou "candidatos a presidentes" e também faltou eleitores! Os mais velhos dizem que dia de votação era dia para se sair com a melhor roupa, dia de honrar com um compromisso, já hoje para muitos é um martirio ter q reservar nem que seja 30 minutos para "decidir" o rumo do nosso país, o eleitor se vê desacreditando, prova disso é a eleição de Tiririca o que demostra voto de revolta, voto do descontentamento, caras pintadas??? orgulho por votar??...ah isso já não existe mais...tudo por conta da politicagem praticada, senti frieza nesta eleição, antes fervor!

Luís Pedro disse...

Se o governo vai ter mesmo a cara da Dilma, eu não sei (ou sei, e não quero admitir). Sei de duas coisas: a) ela não vai saber lidar com o turbilhão de encargos que vieram à tona junto com essa eleição mirabolante dela; b) a cara dela é feia demais! Abs, Dan!

Tiago Guinevere disse...

Daniel,
Todos devem ter o direito de se expressar livremente, mas respeitando direitos e legalidades, para que não haja a formação de um quarto PODER . A imprensa deve ser a voz da sociedade. Quando a sociedade "vira" a voz da imprensa, alguma coisa está errada.

Em meu blog recém-inaugurado, escrevo sobe a liberdade de imprensa. Da uma conferida la para ver o que acha.
WWW.ADVOCACIADODIABO.BLOGSPOT.COM

Abração,
Tiago Guinevere