30 dezembro, 2009

Eu sentirei falta do meu amigo 2009

É, 2009... Sentirei saudades de você. Logo você, que foi tão bom comigo, em quase todos os momentos, terá que partir de uma forma tão inesperada? Inesperada porque de sopetão eu acordei para o fato de que o ano já estava terminando. Na verdade o fim do ano é uma data muito significativa, pelo menos por aqui. Eu passo horas pensando sobre o que passou e o uqe poderá vir. Não perco tempo pensando em como deveria ter sido isso e aquilo, afinal, já passou, né? Pra que remoer? E também não fico pensando "nossa, será que vai acontecer isso e aquilo"? Pra que? O que tiver que acontecer, vai acontecer. Eu prefiro refletir sobre o presente. O presente bruto e límpido. Isso inclui o que eu fiz para estar como estou hoje, e o que acontecerá se eu continuar como estou hoje. Assim fica mais simples e preciso o futuro.
Mas na verdade o futuro é incerto demais para alguém se dar ao luxo de tentar saber o que ele reserva. Imagina eu, que mal sei pensar logicamente. Eu acho outra perda de tempo ficar pensando demais sobre pensar ou não no futuro. Na verdade, eu descobri com 2009 que pensar demais não adianta, agir adianta. Um pouco de sorte e bons fluidos universais também ajudam, mas isso não é mais comigo; isso eu deixo pros meus colegas do outro plano.
O fato é que 2009 foi um pequeno grande ano. Foi grande em quesitos, como conquistas, economia e amizade. Mas foi pequeno como amor e amizade. Eu queria ter visto mais pessoas que gosto. Queria ter visto menos quem não gosto. Mas infelizmente por conta da minha indisciplina não deu. Fica para o próximo ano. Se 2009 foi tão bom assim comigo, que 2010 seja como Lula após FHC: seguindo o mesmo caminho.
Deixo então uma pequena mensagem para quem lê. Como bem disse Shakespeare,
A dúvidas são traidoras e fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar. Em 2010, vá mais longe do que você imaginou que poderia ir. Vale a pena.

A música de 2009:

Copacabana Club
Just Do It (tradução)
Você pode fazer uma música, cozinhar sua comida
Limpar sua casa, usar uma tanga
Ser tão rude, ou beijar minha boca.
Você pode furar seu nariz ou costurar suas roupas
Dançar sozinho ou fazer alguns amigos
Formar uma banda ou cantar junto.

Você pode mudar seu cabelo, sua casa, sua vida.
Você pode mudar seu sexo, seus amigos, sua esposa.
Você pode mudar seus tênis, suas calças, seu estilo.
Você mudar sua cara, seus peitos, seu sorriso.

Apenas porque você quer isto
porque você gosta disto, 
porque você quer isto,
não porque você viu.

Apenas mude porque você quer.
porque você gosta,porque você sente.
Apenas mude
Mas não porque você viu isto.

Um comentário:

[+] disse...

eae blz ? bons textos! to seguindo c puder seguir tbm leandrowartinmartins.blogspot.com